inova.jor

inova.jor

AkzoNobel acelera inovação com startups

Paganini (e.), da Getter, e Elaine Poço (c.), da AkzoNobel, falam sobre inovação / inova.jor
Paganini (e.), da Getter, e Elaine Poço (c.), da AkzoNobel, falam sobre inovação / inova.jor

No programa de inovação Paint the Future, a AkzoNobel propôs quatro desafios a startups, relacionados a experiência do cliente, ciclo de vida mais sustentável, novas funcionalidades e cadeia produtiva e logística inteligente.

Uma das quatro startups selecionadas foi a Getter, com o uso de visão computacional para garantir saúde e segurança para trabalhadores do chão de fábrica.

Elaine Poço, diretora de Pesquisa e Desenvolvimento e Sustentabilidade da AkzoNobel, e Rufo Paganini, fundador e CEO da Getter, conversaram sobre inovação aberta com o jornalista Renato Cruz no inova.jor cast.

O podcast é publicado semanalmente no Spotify, Deezer,  iTunes e SoundCloud.

Inovação aberta na AkzoNobel

Com o Paint the Future, a AkzoNobel espera acelerar o processo de desenvolvimento, entre outros benefícios.

“Um processo aberto consegue trazer velocidade para aquilo que se quer. Então um grande tema é a velocidade trazida por essa cultura de inovação”, comentou Elaine Poço.

Mudanças culturais são importantes para o sucesso de iniciativas de inovação aberta.

“Uma companhia de grande porte tem milhares de desafios diários. Então, incluir inovação, muitas vezes com tecnologias disruptivas, com padrões que saem radicalmente da rotina, envolve quebras de paradigmas”, disse Rufo Paganini.

Para saber mais, ouça o podcast.

Comentários

comentários

Publicações relacionadas

O Bankfacil oferece empréstimos com garantia de veículos e imóveis / Renato Cruz/inova.jor

Como as fintechs podem reduzir o custo dos empréstimos

Quando criou o Bankfacil, em 2012, o espanhol Sergio Furio testou a venda via internet de vários serviços financeiros para consumidores brasileiros. Depois do período inicial de testes, resolveu focar em empréstimos com garantia. O Bankfacil é uma das empresas de tecnologia que oferecem serviços financeiros, também conhecidas como “fintechs”,[…]

Leia mais »
Com apoio da aceleradora The Bakery, Soluções Usiminas quer avançar na prestação de serviços / Divulgação

Startups apoiam Soluções Usiminas na transformação digital

A Soluções Usiminas (SU) foi escolhida numa ação do governo mineiro para receber apoio da consultoria e aceleradora britânica The Bakery. O objetivo do projeto é reduzir a necessidade de capital de giro. As startups devem identificar oportunidades de melhoria nos processos da empresa, que trabalha com aço fabricado pela[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *