inova.jor

inova.jor

Philip Morris aposta em inovação aberta

Barateiro (e.) e Shibata (c.) falam sobre inovação aberta no inova.jor cast
Barateiro (e.) e Shibata (c.) falam sobre inovação aberta no inova.jor cast

A Philip Morris Brasil aposta em inovação aberta. Entre as iniciativas, está uma parceria com o Onovolab, de São Carlos (SP).

Miguel Barateiro, head de Tecnologia da Informação da Philip Morris Brasil, e Yukio Shibata, especialista em Inovação Corporativa do Onovolab, conversaram sobre o tema com o jornalista Renato Cruz no inova.jor cast.

O podcast é publicado no Spotify, DeezerApple Podcasts e SoundCloud.

Inovação Aberta

A parceria entre a Philip Morris e a Onovolab começou com um datathon, maratona de desenvolvimento voltada à análise de dados.

“Estávamos com um desafio muito grande na companhia. Durante vários meses não estávamos conseguindo resolver o problema, que era fazer um algoritmo de previsão de compra. Buscamos ajuda da Onovolab, que nos facilitou o datathon. Lançamos o desafio para vários cientistas de dados e fico muito satisfeito em partilhar que esse algoritmo deu um resultado 100% superior ao que tínhamos conseguido no passado”, disse Miguel Barateiro.

São Carlos é um polo importante de inovação em São Paulo.

“O datathon foi organizado a partir de grupos estudantis da USP, com a participação do Onovolab, para atrair empresas que tinham desafios de dados. A Philip Morris foi uma dessas empresas. Conseguimos trazer professores como mentores, empresas especialistas, startups da região, com desafios de grandes indústrias”, explicou Yukio Shibata, da Onovolab.

Para saber mais, ouça o podcast.

Publicações relacionadas

Análises de dados já estão presentes em 40% das empresas / You Belong In Longmont / Creative Commons

Análise de dados deve ser adotada por 90% das empresas até 2020

A análise de dados deve ser adotada por 90% das empresas do mundo inteiro até 2020. A conclusão faz parte de um estudo realizado pela Forrester Consulting, sob encomenda da Atos. Segundo o estudo, 40% das empresas entrevistadas já estão usando a análise de dados para atividades como vendas, desenvolvimento de[…]

Leia mais »
Programas de aceleração da Merck vão de 4 de setembro a 15 de dezembro deste ano / Divulgação

Merck busca startups para aceleração no Quênia e Alemanha

A Merck abriu inscrições para seus programas de aceleração em Darmstadt, na Alemanha, e Nairóbi, no Quênia.  A empresa busca startups de todo mundo nas áreas de saúde, ciências da vida e produtos químicos especializados. As inscrições vão até 26 de junho. Darmstadt selecionará cinco equipes e Nairóbi quatro, uma[…]

Leia mais »