inova.jor

inova.jor

Como novas tecnologias podem ampliar o saneamento

Quase metade da população brasileira não tem cobertura da rede de esgoto.

Carolina Mega Horaguti, gerente de marketing para Neve da Kimberly-Clark, e Luiz Fazio, presidente da Biosaneamento, conversaram com o jornalista Renato Cruz, no inova.jor cast, sobre como novas tecnologias podem ampliar o acesso ao saneamento básico.

O podcast é publicado semanalmente no Spotify, Deezer,  Apple Podcasts e SoundCloud.

Este episódio também está disponível como vídeo no canal do inova.jor no YouTube.

Saneamento básico universal

Dona da marca Neve, a Kimberly-Clark busca incentivar o desenvolvimento de tecnologias para tratamento de água e esgoto com a iniciativa Banheiros Mudam Vidas.

“Um dos objetivos do projeto é gerar conhecimento de que o saneamento básico é um tema importante para a população brasileira”, explica Carolina Mega Horaguti, da Kimberly-Clark.

Uma das startups que selecionadas pelo programa, a Biosaneamento leva soluções alternativas a comunidades para ajudar a resolver o problema.

“Tecnologias descentralizadas são essenciais para universalizar o saneamento básico”, diz Luiz Fazio, da Biosaneamento.

Para saber mais, ouça o podcast ou assista ao vídeo.

Inscreva-se no canal do inova.jor no YouTube.

Publicações relacionadas

A aceleradora WOW procura startups em fase pré-operacional ou de crescimento / Divulgação

Aceleradora WOW busca startups para investimento

Termina em 10 de setembro o prazo de inscrição para startups interessadas em receber investimento da aceleradora WOW, de Porto Alegre. As empresas escolhidas receberão um primeiro investimento de R$ 50 mil ou R$ 150 mil e, as que apresentarem melhor performance durante o processo de aceleração, terão um segundo aporte[…]

Leia mais »

BMG UpTech seleciona startups para aceleração

O BMG UpTech lançou a primeira edição de seu programa de aceleração, em parceria com a ACE. As startups selecionadas vão receber aporte de até R$ 150 mil, coworking e assessoria gratuitos, por um período de até 10 meses. Além disso, terão oportunidade de receber investimento e desenvolver pilotos com[…]

Leia mais »