inova.jor

inova.jor

Todas as publicações de Renato Cruz

Drone apresentado na CES 2015

CES 2016: Para onde vai o mercado de eletrônicos

Vivemos tempos interessantes. Os objetos estão cada vez mais conectados, mas ninguém sabe ainda quais serão os vencedores do mercado de “internet das coisas”, que vão substituir os computadores (que enfrentam vários trimestres de queda de vendas) e os smartphones (que passam por um período de desaceleração). Nesta semana, acontece[…]

Leia mais »
No Projeto Primordial, a Autodesk desenvolveu a estrutura de um carro a partir de seu uso

Quando as máquinas passam a ter opinião

LAS VEGAS A combinação de sensores, conectividade e aprendizado de máquina fará com que objetos passe a ter uma história única e uma visão de mundo. Será como se estivessem vivos, apesar de essa “vida” ser bem diferente do que conhecemos por vida em seres biológicos. Pense, por exemplo, num carro. Os[…]

Leia mais »
Mercado da Blockbuster foi rompido pelo Netflix, segundo Clayton Christensen

Você sabe o que é ‘inovação rompedora’? Clayton Christensen explica que não

Com o clássico O dilema do inovador, publicado em 1997, Clayton Christensen, professor da Escola de Administração de Harvard, explicou ao mundo o conceito de “inovação rompedora” (“disruptive innovation”, que as pessoas por aqui insistem em traduzir como “disruptiva”). Recentemente, sua teoria da ruptura tem recebido ataques. Andrew King e Baljir Baatartogtokh publicaram[…]

Leia mais »
Os brasileiros compraram mais celulares e menos computadores / Foto: Hernán Piñera/Creative Commons

Pesquisa do IBGE mostra crescimento do celular no acesso à internet

O acesso à internet estava estagnado no Brasil. Em 2013, a Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), havia mostrado que 49,4% dos brasileiros acessavam a rede mundial, um crescimento pequeno em relação aos 49,2% do ano anterior. Em 2014, esse número[…]

Leia mais »
A Loucomotion assina sistemas da Autodesk para criar imagens de veículos

Como o modelo de assinaturas muda o mercado de software

Não é fácil mudar de modelo de negócios. A Autodesk, cujo produto mais famoso é o software de projetos Autocad, anunciou hoje que, no Brasil, deixará de vender licenças permanentes a partir de 31 de janeiro de 2016. A empresa já prepara há dois anos a transição para o modelo de[…]

Leia mais »
Valter Pieracciani fala sobre estratégias de inovação que funcionam na crise

Inovação frugal é saída para enfrentar a crise

Inovação frugal consiste em tornar o produtos e serviços mais simples e mais baratos, fazendo com que eles sejam acessíveis a um grupo maior de consumidores Na Índia, esse tipo de inovação também é chamada de jugaad innovation. Jugaad é o nome de um caminhão construído com motor de bomba[…]

Leia mais »
Roberto Soboll, da Samsung, apresenta o Gear S2

Para que serve um computador de pulso

“Killer app” é a aplicação matadora que faz alguém querer um eletrônico. No caso dos PCs, a killer app foi a planilha eletrônica, que transformou uma máquina usada por hobbistas num equipamento útil à pequena empresa. O celular inteligente é usado principalmente para redes sociais, como Facebook, e serviços de[…]

Leia mais »
O filme 'Perdido em Marte' mostra como dependemos da tecnologia

Quanto tempo você conseguiria sobreviver sem tecnologia?

Desde o fim do Programa Apollo, em 1972, as missões espaciais tripuladas ficaram circunscritas à órbita da Terra. Antes de criar a SpaceX, em 2002, Elon Musk procurou no site da Nasa o plano da agência espacial americana para levar o homem até Marte e, ao não encontrar, achou que estivesse procurando no lugar errado.[…]

Leia mais »
Para Sherry Turkle, a conectividade tem tirado nossa capacidade de ficar sozinhos

Estamos perdendo a capacidade de conversar por causa do smartphone?

Ciberespaço é um conceito que já não faz sentido, e seu próprio criador, o escritor William Gibson, admite isso. Antes, nos conectávamos para ir a um mundo virtual. Hoje, estamos o tempo todo conectados, com um smartphone no bolso e várias telas ao nosso redor a mostrar informações digitais. Mas quais os impactos dessa hiperconectividade[…]

Leia mais »
Vista aérea de Brasília: pouca compra de produtos tecnológicos pelo governo está entre os fatores da avaliação ruim

Por que o Brasil está ficando para trás em inovação

Na edição mais recente do ranking de competitividade do Fórum Econômico Mundial, o Brasil foi o país que apresentou o pior desempenho, ao perder 18 posições e ficar na 75.ª posição, entre 140 países. Em inovação, um dos indicadores que compõem o ranking, o tombo foi ainda maior: o Brasil[…]

Leia mais »